"Um corpo sem alma é como um disco de vinil que não toca ..."

"O jornalista fere no peito o escritor. O escritor repele o jornalista, por esmagá-lo, por obrigá-lo a renascer quase sempre de um mesmo patamar. Feliz daquele que, nesse embate, consegue servir, e bem, aos seus dois senhores..."

Política. Música. Música. Vida. Rock. Cinema. Cultura.

segunda-feira, 3 de abril de 2006

Burlando o sistema (mas que sistema??)

- Quem são vcs?
- Eu sou o Alberto, estou cobrindo o Noroeste (www.noroestebauru.com.br) pro Lance.
- Tem credencial?
- Sim, aqui está.
- E vc? - Diz o cara da FPF (federação paulista de futebol) olhando sério pra mim. E eu respondo também muito sério:
- Sou fotógrafo, estou fazendo algumas fotos do Noroeste em alguns estádios.
- E a credencial?
- Então, a credencial ainda não ficou pronta.

Devo ter convencido muito mais pela câmera no peito do que pela credencial que ainda não ficou pronta. Às vezes nessas situações vc precisar usar a imaginação. Foi assim no show do Nando Reis:

(imaginem aquela cena nebulosa tp de novela quando algum personagem lembra de algo)...

Uma confusão na porta do camarim improvisado ao lado do palco, num show daqueles de exposição de gado. “Olha tá todo mundo aqui fora dizendo que é repórter! Temos que dar um jeito nisso” – dizia uma gordinha que se achava alguma coisa. E realmente era alguma coisa.
E eu tentando entrar no aperto com mais umas dez pessoas:
- Não! Eu sou repórter! Olha aqui meu gravador! – exibindo o aparelho da Panasonic. Enfim, deu certo outra vez.

As fotos da torcida ficaram ótimas. Aliás pra quem quiser conferi-las estarei mandando pro cara da torcida Sangue Rubro daqui a pouco. (www.sanguerubro.com.br)
E acabei sendo apelidado pela torcida do Noroeste de Che Guevara:

“Ei Che Guevara, tira foto aqui!”

Deve ser por causa da barba.

8 comentários:

Vanessa Silva disse...

Putz.. che Guevara!?!?!?! Até pòe uma moral... sabe quew Che é ,mais que o cara... é o ideal...

Enbtão, mais uma vez, utilizando-se da conversinha típica do Gabriel, vc enganpu + um bom samaritano?!?!?! hehehhe isso está se tornando rotina...
AAcho que farei manifestos, te denunciando, (afinal, já te disse, né!?!?!?!?! hahahhahaha)
Que issooo!!!!!!!!
Legal.... devemos sempre quebrar 0s paradigmas, os estereótipos, as verdades pré-concebidas...'
Viva la revolucion!!!!!!!!
Viva lo Che!!! (verdadero!!!)
Bjs... apesar de tudo, eu ainda te adoro!!!!

Silvia disse...

Não quis ser jornalista? heheheh... agora aguenta!
Se bem que a gente adora isso né..rs... Desculpa ae, nós somos da imprensa!

Téf'as disse...

será que foi mais um jeito de burlar alguma coisa?

interessante gabe

curti pacas... e continue burlando... a onda é ser cara de pau pra conseguir o que quer!

;)


mts bjoos

André - eu memo!! disse...

E ai muleck ... caraio da hora seu blog, ainda nao tinha visto!!! aheheuahae ta da hora os textos,,, já pensou em publicar um livro de crônicas,,, po as suas tao legais aheueua!!!
abraço irmão t+

André disse...

caraio esse negócio da erro dai aparece a msg la... toma nu cu aheuaehaehae agora sim fui!

Gina Mardones disse...

Você sempre arranja um "jeitinho" só seu para exercer a profissão, parece que ama o jornalismo que bom... fantástico... :)

_Maga disse...

Oi Che!!!

Só tenho uma coisa pra dizer: que cara de pau!!! Da proxima vou levar o meu gravador Panasonic... acho que pelo menos uma vez na vida ele pode me dar um pouco de prazer, né? Por hora ele só me dá noites em claro transcrevendo fitas... rs...

O bom dessas aventuras, é que alem de serem ótimas por si só elas ainda redem histórias pra contar...

Adorei o texto!

Beijos

shun disse...

a banca faz o craque, tá ae o romário que não me deixa mentir...bota banca mesmo!!!...só se impondo a gente consegue o que quer....viva a coragem, comum a todos os revolucionários, todos que botam banca e que se impõe! :]