"Um corpo sem alma é como um disco de vinil que não toca ..."

"O jornalista fere no peito o escritor. O escritor repele o jornalista, por esmagá-lo, por obrigá-lo a renascer quase sempre de um mesmo patamar. Feliz daquele que, nesse embate, consegue servir, e bem, aos seus dois senhores..."

Política. Música. Música. Vida. Rock. Cinema. Cultura.

terça-feira, 1 de agosto de 2006

Da série: cinema sem pipoca

...porque eu não tenho grana pra pipoca... Aliás, sabiam que mais de 60% da renda do cinema vem dos artigos alimentícios?

Falando em cinema, passei (fora frio) os últimos dias comendo e vendo filmes. Uns seis aproximadamente. (E não preciso me preocupar com balança; aliás devo conhecer umas 2 ou 3 mulheres que, ou não fazem dieta alguma, ou não ligam mesmo, porque o restante 95, 7%, tem neuroses a respeito).

O altamente NÃO recomendável é “Por conta do Destino”, muito ruim. O melhor talvez seja “A Ilha”, que tem um “que” de Admirável Mundo Novo (A. Huxley) e 1984 (George Orwell), mas gostei bastante de “Finais Felizes”. Os diálogos são muito bons e há umas intervenções como se fosse uma voz do além contando sobre os personagens e sobre as cenas, é uma espécie de observador que fica “cornetando”, sometimes.

Vi também “Snatch” – porcos e diamantes. O elenco desse filme tem vários conhecidos entre eles o gato do Brad Pitt e o Benício Del Toro. Para as meninas o filme já vale pelo protagonista de "Clube da Luta" (é sério já vale mesmo), mas tem uma trama interessante, é daqueles filmes tipo “Uma saída de Mestre” ou “Onze homens e um segredo”.

Dificilmente eu alugo uma comédia, a não ser que alguém insista muito, mas muito mesmo, me convencendo de que é bom. Entretanto a comédia “Show de Vizinha” é loco. Vale a pena pra caramba. É um pastelão com sacadas boas e um tanto idiota (idiota = a vc rir muito). Rachei de rir em várias cenas e a trilha sonora do filme é magnífica, com The Who, Verve e o clássico “Sweet home alabama” (Lynard Skynard)...


Pipoca de micro ondas ou de fogão? Sabe como é, aqui em casa (bauru) não tem micro-ondas. Progresso significa tecnologia? Então vejam "Brazil, o filme" ...

5 comentários:

Silvia disse...

Hahaha... eu só vi um dia de fúria e recomendo altamente...rsrs... quanto a esse lance de dieta... ter bom senso e saber traduzir o que o espelho diz num é neurose não!!! :-)
bjs

Silvia disse...

e olha só, encontrei um ponto incomum, eu adooooooro comédia idiota! E é facim me convencer!
Se me chamar pra ir assistir o Abomineve homem das naves eu vou correndo! huahauhau
bjs

Gabriel Ruiz disse...

Resposta a Sílvia:

Realmente concordo sobre o espelho, qndo começa a incomodar, é foda.

E abominável homem das neves é clássico, não pode ser comparado com cinema pastel dos eua...

disse...

legal, gostei das dicas de filmes. Se bem que outro dia vi que ia passar na net este "show de vizinha" e só pelo nome eu já sequer cogitei passar por aquele canal. Enfim, vale a pena tentar, de repente o gosto não é tão ruim assim...

Daniel disse...

gato BRAD PITT?? Q viadinho...