"Um corpo sem alma é como um disco de vinil que não toca ..."

"O jornalista fere no peito o escritor. O escritor repele o jornalista, por esmagá-lo, por obrigá-lo a renascer quase sempre de um mesmo patamar. Feliz daquele que, nesse embate, consegue servir, e bem, aos seus dois senhores..."

Política. Música. Música. Vida. Rock. Cinema. Cultura.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

Não poderia ser um rock star!

Quando entrei para a faculdade pública (de jornalismo), meu sonho passava a ser entrevistar e acompanhar bandas de rock, já que havia caído a ficha de que não poderia ser um rock star.

Conheci e entrevistei algumas (estão aí ao lado!), entretanto um sonho era falar com os "caranguejos com cérebro" - os recifenses da Nação Zumbi. Consegui a façanha em julho deste ano, num show em Londrina-PR. A pergunta que não queria calar era: "de onde vcs tiraram a sonoridade absurda que o novo disco ("Futura") tem?". Vc lê a entrevista aqui. Lá tem links também pro site oficial do movimento mangue beat e o manifesto: "caranguejos com cérebro".


Depois, no fim de outubro, fui a outro show da banda, em Ilha Solteira. Foi bem melhor, a Nação usou, apenas luzes brancas e espelhos no show. O efeito, genial.

Na mesma ocasião em Ilha vi o show do Cordel do Fogo Encantado.
Opnião do blog: nem tente ouvir o(s) disco(s) do Cordel e saber o que é isso que muita gente comenta. A apresentação é literalmente transcendental, eu nunca vi nada igual, sem exageros, mesmo tendo ido à vários show, inclusive internacionais.

6 comentários:

Josephine disse...

Eu acho que você tem pinta de rock star.

silvia disse...

Pra mim vc sempre vai ser um rockstar... um caranguejo com cérebro que só anda pra frente! Meu orgulho!!!!

trovadora solitaria disse...

ola...
kara!!!!
as bandas que vc entrevista sao dahora..
e concordo oq a josephine diz que vc tem pinta de um rock star e pense nisso sempre..
vc é um otimo entrevistador.. adorei e suas entrevistas.. e seus post anteriores rs
bjo
voltarei mais vezes

Rodrigo Sax disse...

Hahaha, caiu a minha ficha que eu não seria nem músico de churrascaria no ensino médio... Aí escolhi jornalismo por falta de opção, não pra entrevistar bandas... Aliás, o que eu tô fazendo nessa facul é que eu ainda não percebi!

Hahahahaha, magina o barbudinho se jogando de cima do palco depois de um riff! (Aí eu ia te entrevistar e perguntar: "Como é esse negócio de ser um rock star?" XD)

# Tati # disse...

eu tb sempre quis ser rock star...mas não nasci na gringa...heheh

luma disse...

Olha, eu também pensei que Nação Zumbi fosse sumir do mapa depois da morte do Chico Science.
Conheço alguém que foi na apresentação do Cordel do Fogo Encantado, recentemente no Rio e que não gostou.
O que fazia antes de entrar pra faculdade?
Tenho um blogue para indicar
http://www.baguncandoocoreto.blogger.com.br - O Henrique gosta e trabalha com música. É contagiante saber que existem pessoas que curtem de verdade além da música, que curte todo o cenário musical.
Gostei da lista de entrevistados, parece que ela vai longe!
Beijus