"Um corpo sem alma é como um disco de vinil que não toca ..."

"O jornalista fere no peito o escritor. O escritor repele o jornalista, por esmagá-lo, por obrigá-lo a renascer quase sempre de um mesmo patamar. Feliz daquele que, nesse embate, consegue servir, e bem, aos seus dois senhores..."

Política. Música. Música. Vida. Rock. Cinema. Cultura.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

A tv que ninguém vê

Seguindo a linha do post anterior...

Ontem, quando cheguei em casa de madrugada, após um bom papo de boteco, fui - como de costume - esfumacear a cozinha. Liguei a velha. Na globo, porque tvs jurássicas, só pegam a globo mesmo. Mas, de madruga, até que passam filmes legais. No intercine Brasil de segunda quando cheguei da rua, tava passando "A Partilha" com a ótima Andréa Beltrão e a linda Lìlia Cabral. Curti pra caralho o filme. É tipo um universo feminino de 4 irmãs.

Num dos intervalos, passou uma propaganda do Futura. Falava que o canal era isso e aquilo outro. Realmente um ótimo canal, como pûde constatar na casa da minha mãe. Mas, por que é que tem propaganda dessa merda se a programação do canal não chega a lugar algum?

Aliás, chega sim. Como diz no site:


Há várias formas de assistir ao Canal Futura. Na TV por assinatura, em parceira com a Globosat, estamos no canal 32 da Net e no canal 37 da Sky. Na DirecTV, assista pelo canal 163.Se você tem antena parabólica, sintonize na polarização vertical 20. O Canal Futura também chega a vários municípios por uma rede de TVs universitárias:

TV UFPB - Universidade Federal da ParaíbaCabo Canal 22 - João Pessoa (PB)
Uno TV - Universidade do Oeste PaulistaCanal 2 - Presidente Prudente (SP)
TV Univap - Universidade do Vale do ParaíbaCabo Canal 14 - São José dos Campos (SP)
TV Ilha do Sol - Unaerp - Universidade de Ribeirão PretoCanal 30 - Guarujá (SP)
TV Lumen - PUC-PRCanal 16 - Curitiba (PR)
TV Univali - Universidade do Vale do ItajaíCabo Canal 17 - Itajaí (SC)
UPF TV - Universidade de Passo FundoCanal 4 - Passo Fundo (RS)
TV Unisc - Universidade de Santa Cruz do SulCabo Canal 13 - Santa Cruz do Sul (RS)
TV Unisinos - Universidade do Vale do Rio dos SinosCanal 30 - São Leopoldo (RS)


E nos municípios de São Gonçalo e Niterói (RJ), além de alguns bairros da cidade do Rio de Janeiro, basta sintonizar seu televisor no canal 18, UHF. É aberto e gratuito!


Ou seja, quem assiste o Futura, se dá para contar nos dedos onde ele pega?
(repetindo o post anterior: a Matrix nos quer burros!)

6 comentários:

Fer disse...

é real...

e vc viu...só universidades privadas! pq não disponibilizar pra escolas públicas, universidades públicas?? ah tá...quem tem parabólica pega...rs...convenhamos...esse é um recurso pra lá de arcaico e tv a cabo ou satélite é privilégio de poucos...

isso é mais uma prova de como somos primarios qdo tentamos discutir democratização da informação....

ótima sacada...como sempre...

bjos!

_Maga disse...

Eu também raramente vejo tv.

Mas quando vejo gosto do programa de debates que passa a tarde na TVE: Sem Censura.

Quando pequena, dos 8 aos 13 anos, praticamente só via cultura. Aprendi um bocado com eles...

Ótimos teus questionamentos, ótimas observações.

Beijos

Marcela disse...

com "só via cultura" eu quis dizer: só assistia a TV Cultura. rs

beijos

A.Cerri disse...

Eu nunca assisti ao Futura, mas já ouvi dizer que não é tão bom assim. Eles querem fazer um canal que faça pensar socialmente sem destiná-lo a pessoas que tenham potencial para expandir esse conhecimento para quem realmente precisa.

Abraço

Márcia(clarinha) disse...

Melhor canal de TV que deveria estar disponível para todas as camadas da sociedade pobre de bons programas...
Estou voltando querido, de-va-gar,rss
lindo findi
beijossssssssss

Gabriela disse...

Realmente ligar a tv de madrugada é muito mais aproveitável do que quando o sol está raiando... nao só na globo, no sbt (pasmem) dápra ver uns filmes legais. Agora, o Futura... deve ser meio lenda. No sitio do meu avô tem parabólica, passa a propaganda direto na tv globo e eu nunca consigo sintonizar. rs

Obrigada pela visita ;) vou ler outros seus textos