"Um corpo sem alma é como um disco de vinil que não toca ..."

"O jornalista fere no peito o escritor. O escritor repele o jornalista, por esmagá-lo, por obrigá-lo a renascer quase sempre de um mesmo patamar. Feliz daquele que, nesse embate, consegue servir, e bem, aos seus dois senhores..."

Política. Música. Música. Vida. Rock. Cinema. Cultura.

sexta-feira, 11 de agosto de 2006

O duelo das eleições



As provocações em torno das eleições já começaram. E não se trata de candidatos degladiando-se entre si, mas de duas emissoras de TV: Band e Globo.
Tudo começou quando a Globo prometeu fazer a “maior cobertura de uma eleição no país”. Colocou anúncios de páginas duplas nos dois principais jornais do país, Folha de São Paulo e Estadão, com os dizeres: “Eu prometo”.
A Band resolveu provocar, também com anúncios nos jornais: “Eles prometem. A Band cumpre”. E fez questão de lembrar episódios como o escândalo do Proconsult ("A Band denuncia o Proconsult no Rio. Eles silenciam"); o comício das “Diretas Já” ("A Band cobre os comícios das Diretas Já. Eles silenciam"). E no fim do texto ainda questiona: “2006 - A Band vai fazer a cobertura mais precisa e imparcial da TV brasileira. E eles? Será que mudaram?". Parece que a Globo não deu muita bola.
Em meio a essa “guerra” estão os telespectadores, que só têm a ganhar (será?), pois terão duas opções para a discussão de assuntos eleitorais, o que possivelmente ajudará na escolha do candidato.
Entretanto, em termos de debate político, é quase sempre a mesma coisa: os candidatos “decendo a lenha” no primeiro colocado das pesquisas. Pelo menos não será um monopólio como a Globo costuma fazer.

A coisa não muda nunca, mas tem gente que ainda acredita. Esses também são importantes para o sistema.

Mudando de pato pra ganso, vcs viram o que aconteceu com o piloto brasileiro Cristiano da Matta e o silêncio dos inocentes? Clica aqui então!

7 comentários:

Silvia disse...

Realmente, ainda não deu pra matar as saudades não!!! Mas sábado tem festinha aeeeeeeee
viu? rsrs... eu incomunicável sem PC, só passei pra dizer que estou muito orgulhosa do seu respeito e reconhecimento pela assiduidade do leitor, atualizando diretão e talz, um dia serei assim... volto outra hora com mais calma pra comentar tudo tah?? Bjinho!

geraldo disse...

POr isso que eu assito a MTV!!!!
flw

_Maga disse...

Tsc tsc...

Já que a politica anda a mesmice do que há de mais imoral, vamos para a tv, quem sabe lá a briga ainda dá em algo que preste?

Ah, eleição no Brasil... ninguem merece!

(infelizmente, infelizmente, infelizmente)

beijos

carlos alberto muzilli disse...

Gabriel, vamos inverter o post: a Globo e a Band capotaram na pista e o Cristiano da Matta venceu as eleições. Eu topo! Abraços poéticos.

Gabriel Ruiz disse...

Isso ae Carlos, gostei. Perfeito.

Claudinha disse...

Oi, não sabia do acidente e coágulo no cérebro é coisa séria...
Quanto ao duelo das eleições, eu já não vejo tv, mudo para um filme ou vou ler algum livro legal. Não tenho saúde para política e brigas de globo e band. Encrencaram até com o ônibus do JN. E tanta gente morrendo de fome e na guerra... Eu estou fora! Beijão!

disse...

ai, só de pensar que vou ter que assitir horário político de novo... dá um desânimo. pensar que será tudo a mesma coisa, o mesmo blábláblá, o mesmo "confie em mim" e de fato não confiar em ninguém...

desgasta, né? e olha que tenho poucos anos de eleitora, mas... desgasta, né? mas vamos, vamos cumprir nosso papel de cidadãos conscientes e tentar fazer o melhor - embora pouco dependa de nós.

mas que desanima, desanima...